Etiqueta em outros países

0

Viajamos cada vez mais, conhecendo novas culturas e lugares do mundo, além de negociarmos com pessoas de outros países com muito mais facilidade hoje em dia, do que há poucos anos.

Antes de chegarmos a um país pela primeira vez, seja a passeio ou a negócios, convém realizar uma pequena pesquisa para conhecer os hábitos da população do local. Certas condutas que, para nós significam educação e fino trato, em certos lugares podem ser encaradas como uma grande grosseria.

Regras de etiqueta em outros países e suas peculiaridades

As culturas mundiais têm suas peculiaridades em termos de regras de etiqueta e é sempre louvável saber respeitar os costumes locais, evitando situações constrangedoras. Veja, a seguir, dicas de como se comportar em alguns países:

Regras de etiqueta na Inglaterra

Falar alto e gesticular demais são gafes imperdoáveis para os britânicos. Sempre compareça aos compromissos na hora marcada, pois a pontualidade é uma exigência. Quanto aos cumprimentos, apenas um aperto de mãos é o suficiente. Beijos e abraços, somente para os íntimos.

Regras de etiqueta no Japão

Tome cuidado ao descansar os hashis sobre a mesa e nunca posicione-os paralelamente, pois isto significa má sorte, da mesma forma que espeta-los na vertical, já que este gesto faz parte dos cerimoniais fúnebres. Pouse os hashis sobre o ‘hashiok’, que é o descanso adequado para esta finalidade. Ao contrario daqui, quando tomar uma sopa no Japão, faça barulho, pois isto demonstra que está apreciando a refeição. Outro detalhe importante é nunca oferecer gorjetas, pois isto seria uma gafe, um verdadeiro insulto por lá.

Regras de etiqueta na Índia, Oriente Médio e África

A mão esquerda é usada para fazer a higiene das partes intimas, por isso jamais toque a comida ou entregue documentos com ela, pois um gesto destes seria considerado impuro e uma gafe imperdoável. Também não aponte os pés para os outros quando estiver sentado, pois estes também são considerados impuros e este gesto é considerado um insulto.Ao cumprimentar, lembre-se de que homens jamais devem tocar as mulheres, nem mesmo um aperto de mão. Demonstrações publicas de afeto, como casais se beijando nas ruas, não são bem vistas nestes locais.

Não recuse convites para jantar a menos que tenha uma boa desculpa e sempre aceite chás, cafés ou refrigerantes, lembrando que o copo ou a xícara serão reabastecidos sempre que ficarem vazios. Quando não quiser mais beber, entregue o copo de volta agitando-o e inclinando-o duas vezes.

Antes de falar sobre negócios, é de bom tom começar a reunião tratando sobre amenidades como hobbies, família e outros interesses, já que ir direto ao assunto é considerada uma atitude grosseira.

Regras de etiqueta na Tailândia

Quando o prato contiver arroz, esqueça os garfos e use a colher. O garfo deve ser usado apenas para levar os alimentos até a colher. Se tratar-se de uma refeição tradicional, use as mãos para levar o arroz à boca e nunca os palitinhos (hashis).

Regras de etiqueta na China

Neste país oriental, os cumprimentos também são feitos à distância, já que as demonstrações publicas de afeto não fazem parte do cotidiano e nem são bem toleradas. Caso faça uma refeição com peixe, jamais vire-o para comer do outro lado. Isto é uma gafe, pois significa má sorte, como fazer com que o barco do pescador vire em pleno mar.

Regras de etiqueta na Coréia

Ao fazer uma refeição, não comece a comer até que o homem mais velho o faça e também não deixe a mesa até que ele termine. Quando alguém mais velho oferecer uma bebida, segure o copo com as duas mãos e levante-o para recebe-la. Beba devagar, em sinal de respeito.

Regras de etiqueta na Itália

Quem conhece o jeito italiano, sabe que não deve abusar da paciência deste povo. Nos restaurantes, ao pedir a conta, evite fazer muitas perguntas, pois o proprietário pode achar que estará duvidando da sua honestidade.

O queijo parmesão, muito utilizado em nossa culinária, nem sempre é considerado uma boa opção para os pratos típicos da Itália. Se não lhe for oferecido durante uma refeição, não peça. Outra gafe imperdoável por lá, é colocar parmesão na pizza – um verdadeiro sacrilégio.

Antes de viajar, pesquise as regras de etiqueta do país

Como mencionado no inicio do artigo, é de bom tom buscar informações a respeito das peculiaridades de cada país para que a viagem siga seu objetivo, sem que se cause constrangimentos por pura falta de conhecimento a respeito dos costumes de um povo.

O bom comportamento, segundo as regras de etiqueta, é sinal de respeito e consideração, o que gera estadias gratificantes e recordações especiais.

DEIXE UMA RESPOSTA