Etiqueta social

20

A etiqueta social pode ser definida como um conjunto de regras de comportamento dentro da sociedade. Tais regras são criadas a partir da prática e das tradições que passam de geração para geração, tornando-se regras claras a serem respeitadas.

Por se tratarem de convenções acerca do comportamento humano, cada sociedade irá criar o seu conjunto de regras de acordo com suas vivências e culturas, sendo a etiqueta social, então, algo relativo e historicamente construído. Apesar de diferente em cada lugar do mundo, o conjunto de regras de etiqueta social é considerado sempre uma expectativa social e um dever a ser cumprido, ensinado e preservado.

A etiqueta social está relacionada a diversos aspectos da vida em sociedade: vestimentas, gestos, linguagem corporal e verbal, cumprimentos, etc., podendo ser considerada sinônimo de educação, elegância, cordialidade e respeito.

Se você deseja aprender a portar-se melhor e criar uma boa imagem de si para os outros, confira nossas dicas de etiqueta social e aprenda a agir da maneira mais sofisticada possível.

Etiqueta social – cumprimentos

Nós, latinos, temos a fama de sermos muito cordiais e simpáticos, o que se reflete na nossa etiqueta de apresentação. Tais costumes tornam o clima mais amável e propício para as conversas e amizades. Mas, apesar disso, nem toda ocasião comporta a famosa troca de beijo na bochecha. Veja abaixo uma lista de regras de etiqueta social para apresentações:

  • Quem chega ao local deve cumprimentar os demais.
  • O bom senso deverá determinar se a pessoa oferecerá um beijo ou um aperto de mão – tudo depende do grau de intimidade que se tem com o outro. Em apresentações, oferece-se a mão, sempre.
  • Ao dar um aperto de mão, esse deve ser firme e respeitoso: não deve ser feito com a mão flácida e nem forte ao ponto em que chegue a ser dolorido.
  • Sorrir e ser amável é essencial em qualquer cumprimento.
  • A pessoa mais jovem ou menos influente é sempre apresentada à mais velha e mais influente e nunca o contrário.
  • O homem é apresentado à mulher (a não ser que ele ocupe um cargo social mais elevado do que ela, em bailes de gala, premiações, etc.).
  • É de bom tom apresentar-se ao anfitrião logo que chegar a um evento, principalmente se você foi convidado por outro convidado.
  • A prática de beijar a mão de uma mulher é raramente usada e, quando for, deve ser apenas com as senhoras, nunca com senhoritas.

Etiqueta social – à mesa

Saber portar-se à mesa também é importante, principalmente em reuniões de negócios ou em festas como casamentos, por exemplo. Se você deseja conhecer um pouco mais sobre a etiqueta à mesa, clique aqui e leia o nosso post dedicado exclusivamente a essas regras.

Etiqueta social – vestimenta

A escolha da nossa roupa diz muito sobre nossa personalidade e nossa educação, também. Uma escolha imprópria será lembrada por muito mais tempo do que uma escolha acertada – e o estrago é grande! Por isso, esteja sempre atento ao dress code e respeite-o. Basicamente, o dress code pode ser organizado da seguinte forma:

  1. Traje esporte – simples e informal. Exemplos: almoços, exposições, churrascos, festas infantis.
  2. Traje esporte fino – um toque de formalidade. Exemplos: teatros, vernissages.
  3. Social – formalidade total. Exemplos: jantares, casamentos, óperas.
  4. Black-Tie – requinte e sofisticação. Exemplos: bailes de gala, premiações.

É possível encontrar regras de etiqueta social para muitas situações, do âmbito público ao privado; do real ao virtual. Tais condutas são memorizadas com a prática, tal como qualquer outro aprendizado. Na dúvida, siga a regra do “mais é menos”: mantenha-se recatado e “sinta” o ambiente em volta para saber como interagir, evitando atitudes espalhafatosas e, consequentemente, constrangedoras.

Dizem que as boas maneiras são uma forma de arte. Você está pronto para incorporá-las?

20 Comentários

  1. Gostei muito dessas dicas, com certeza irão me ajudar muito nas recepções que eu frequento sou muito simples e ainda estou aprendendo a lidar com essas regras de etiqueta na sociedade, mas agora com essas dicas já posso começar com o pé direito obrigados á todos que escrevem esses artigos ajudam muito.;)

  2. Olá, eu sou Miguel Ribeiro, Angolano e estudante de Comunicação Social gosto muito de dicas de etiqueta, enquanto outros aproveitam o Facebook eu aproveito as vossas dicas de etiqueta.

  3. É sempre bom rever conceitos e tirar dúvidas sobre comportamento. Obrigada pelas “regras de ouro”.

  4. Amei as dicas, e preciso muito sou desastrada, exagerada, meio enrolada com estas coisas já me enrolei muito e fiz feio.

  5. Eu sou tímida, tenho vergonha de fazer isso, não tenho etiqueta social. 🙁 Do jeito em que ajo parece que sou antipática, não tenho coragem de fazer estas coisas não sei por quê. :'(

  6. Em tempos de pouca formalidade sempre é bom encontrar um matéria como este. Já faz tempo que não via um material tão interessante. Parabéns.

  7. As normas aqui apresentadas concorrem para a melhor convivência com as pessoas, claro, que as valorizam, sem chegar ao detalhismo e exegeros do passado que denotavam artificialidade. É ser natural, trazendo para si o respeito e a cordialidade naturais dos outros, claro, que a valorizem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here