Linguagem corporal e a sua importância

5

Sendo uma das formas mais antigas e naturais de comunicação entre os seres humanos, a linguagem corporal transmite nossas sensações e emoções através de gestos, postura, tom de voz ou até mesmo do nosso modo de andar.

Emoções como medo, desconfiança, raiva, tédio e tantos outros podem ser percebidos pela comunicação não-verbal e, por isso, entendermos a sua importância e agirmos com cuidado na hora de nos portamos é fundamental para o desenvolvimento e a manutenção de boas relações – principalmente dentro das empresas, onde cada ato conta.

É possível, a partir da linguagem corporal, melhorar a sua imagem, liderar de forma mais positiva, enfatizar a sua mensagem e até mesmo entender alguns pontos fracos da concorrência.

Conheça abaixo o significado de algumas posturas e ações não-verbais que dizem muito sobre você ou sobre o seu interlocutor:

Linguagem corporal: Postura

A postura na linguagem corporal é um dos pontos mais importantes, tendo uma boa postura é possível passar muito mais segurança e receptividade para o interlocutor.

  • Cruzar braços ou pernas: posição defensiva, sem receptividade.
  • Ombros contraídos: demonstra insegurança e é facilmente percebido pelos outros.
  • Inclinação à pessoa que está falando: demonstra interesse pelo assunto. Inclinar-se para trás, por exemplo, já é um sinal de avaliação da fala do outro.
  • Sentar-se de maneira inapropriada: demonstra falta de respeito à autoridade do outro.
  • Passar a mão no cabelo repetidamente: transmite insegurança e carência.
  • Espelhar os gestos do outro: transmite uma conversa fluída e de concordância mútua.

Linguagem corporal: Olhar

É possível passar muito através do olhar, por isto ele também é um ponto chave na linguagem corporal.

  • Esfregar os olhos: sinal de dúvida e/ou tédio.
  • Contato visual constante: transmite confiança e segurança.
  • Evitar o contato visual: demonstra mentira e dissimulação.
  • Olhar muito ao redor: demonstra que a pessoa está ansiosa e desinteressada pelo assunto.

Linguagem corporal: Voz

A voz pode demonstrar muitas características de uma pessoa, por isto também é um fator muito importante a ser trabalhado.

  • Sorrir: além de relaxar as pessoas que ouvem (e até mesmo a que fala), introduzir sorrisos e tons de voz amenos torna a conversa menos pesada, sendo um recurso útil na hora de resolver problemas ou minimizar as resistências ao que é dito.
  • Ritmo de fala acelerado: típico de pessoas ansiosas. O ideal é manter um ritmo mais calmo e constante, colocando ênfase nas palavras-chave da sua fala. Isso torna o seu discurso mais convincente, além de melhor recebido.
  • Tom de voz profundo: traz autoridade, segurança e consistência. Para poder alcançar esse tom de voz, respire profundamente algumas vezes antes de começar a falar. Isso relaxa a garganta e evita o tom de voz esgarçado.

Apesar de toda a importância e comprovação científica da linguagem corporal, ela não deve servir como fator único de análise e julgamento: assim como tudo que envolve os seres humanos, há outras tantas variáveis na comunicação e nas relações que também devem ser levadas em conta. Uma pessoa em uma entrevista de emprego, por exemplo, normalmente fica nervosa e pode passar sinais de ansiedade e até de dúvida sem significar, no entanto, que é alguém despreparado.

A linguagem corporal se apresenta nos pequenos detalhes da nossa comunicação. Muitos trejeitos, de tanto serem repetidos, já se tornam inconscientes e naturais, sendo necessário um processo de aprendizagem e treino para deixar de lado velhos hábitos e incorporar novas práticas de comunicação não-verbal.

5 Comentários

  1. Gostei bastante do site, e de tudo. Mas neste tópico não há conselhos para gagos, que são importantes. Quando se vai conhecer uma pessoa é importante também ter conselhos, especialmente se a pessoa tiver problema de gagueira. Vocês tem conselhos? Obrigado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here